Apresentação Livro de visitas
Ivan Beltrão. Um poeta. Um pintor. Um cientista. Um gênio. Meu pai.

Um tributo a um gênio não é tarefa das mais fáceis a ser feita. Tudo o que for pensado será pouco, tudo o que for dito será quase nada. Foram anos de incubação, à espera do momento certo, das pessoas certas que iriam participar deste momento. Chegou a hora. Chegou a hora de atravessar a ponte que me separa da genialidade do meu pai. Esta ponte, construída lentamente através dos anos, foi feita da sensibilidade que nos une, das lembranças de nossas conversas, das saudades de todas as ausências sentidas e vividas. Como pintor, meu pai usou cores para expressar suas emoções e preto e branco para desvendar seus mistérios. Como poeta, trilhou caminhos musicais, para encantar pássaros e anjos. Como cientista, deixou um legado: os originais do livro "A Ciência pelo Caminho das Artes", que seria o primeiro de uma série, fundindo de maneira única e magistral, seus conhecimentos e experiências nas áreas artística - música e pintura - e científica - física, matemática, engenharia e cosmologia.
 
Há 30 anos, meu pai se juntou às estrelas, com as quais já tinha partilhado noites e noites de vigília, pintando telas ou escrevendo poesia e ciência. Tanto era o conhecimento que transmitia, que foram muitos seus discípulos de alma e sabedoria. Tanta era a luz que dele irradiava, que deve ser agora uma das luzes-guia do Universo, a servir de norte para seus navegantes errantes...

Catherine Beltrão (outubro/2009)
Exposição no Planetário 20/10/2013
Ivan morreu em 1979, aos 56 anos. Se estivesse vivo, estaria hoje com 90 anos. Nada mais expressivo para comemorar esta data do que a apresentação de uma exposição de parte de sua obra na Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro. Mais especialmente, no evento "III Equinócio Cultural". Equinócio tem a ver com equilíbrio. Equilíbrio entre dia e noite. Equilíbrio entre Ciência e Arte. No próximo dia 26 de novembro de 2013, terça-feira, a partir das 18h, será inaugurada a exposição "A Ciência pelo Caminho das Artes". Esperamos todos que quiserem compartilhar deste momento único!
Um verdadeiro humanista! 23/12/2009
A pintura de Ivan Beltrão sempre me fascinou pela riqueza de detalhes, apuro da forma e atmosfera etérea... Ele foi uma grande figura, com amplos talentos. Um verdadeiro humanista !
Sensacional! 17/12/2009
Agradeço a generosidade por compartilhar com outras pessoas a genialidade expressa na vida de Ivan Beltrão. Sempre tive muita curiosidade em saber mais sobre sua vida, suas idéias e seu jeito aparentemente irrequieto de observar a vida e as coisas a seu redor, relacionando-as e alinhando-as com a mente e o coração. Parabéns pelo site, pela idéia de apresentar sua história e parte de seu legado. Ivan certamente é merecedor de uma homenagem como esta e, esteja onde estiver (certamente tornou-se alguma alva e vívida estrela a abrilhantar os céus que tanto o intrigavam), com certeza estará orgulhoso. Grande beijo, do Eduardo
 
Veja mais comentários e comente
Todos os direitos reservados